Testes do tipo RT-PCR. Foto: Kássio Moraes/FVS-AM

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) já realizou, até domingo (23/05), 3.436 testes do tipo RT-PCR para detectar casos positivos de Covid-19 em profissionais da rede privada de educação no Amazonas.

A ação está ocorrendo desde o fim de março, com 73 centros educacionais já visitados pelas equipes da FVS-AM. Dos trabalhadores testados, 50 (1,46%) testaram positivo para Covid-19, enquanto os outros 3.344 (97,35%) obtiveram resultado negativo no exame. Há, ainda, 42 (1,22%) aguardando resultado do teste.

Segundo a coordenadora do Comissão Estadual de Prevenção e Controle de Infecção em Serviços de Saúde (Ceciss/FVS-AM), Evelyn Campelo, a testagem é essencial para a identificação de possíveis casos assintomáticos de Covid-19, que possam estar transmitindo a doença sem estar cientes.

“Quando um caso é confirmado como positivo, o profissional é afastado e fazemos um rastreio na escola e na residência do paciente para controlar a cadeia de disseminação da doença”, ressalta a coordenadora do Ceciss/FVS-AM.  

Testagem

Uma das funcionárias, que passou pela testagem de detecção do novo coronavírus (SARS-CoV-2), foi Luciana Falcão, que é coordenadora de atendimento de uma escola particular em Manaus. Para ela, a ação de checagem nas escolas é muito importante.

“Por meio dessa testagem, temos a chance de nos prevenir contra a doença, tanto para a vida dos professores e funcionários, como para a vida dos alunos e pais que frequentam a escola”, conta Luciana.

A secretária de uma escola particular da capital, Vitória Martins, foi submetida ao teste pela primeira vez, e, apesar de relatar um incômodo, diz estar grata pela realização do exame. “Fico grata, principalmente, por ser um exame caro, que nem todo mundo tem a oportunidade de realizar, e estou tendo essa chance”, afirma.  

Referência

A FVS-AM é responsável pela Vigilância em Saúde do Amazonas e atua no monitoramento de doenças no estado. A instituição funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na avenida Torquato Tapajós, 4.010, Colônia Santo Antônio, Manaus. Os números para contato são: (92) 3182-8550 e 3182-8551.