O contrato contempla 25 unidades distribuídas entre municípios amazonenses

Os terminais flutuantes possuem 168 m² e capacidade de carga de 20 toneladas – FOTO: Arquivo/Seinfra

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra), avançou com a obra de construção de terminais flutuantes para atender as comunidades do interior do estado. O contrato contempla 25 unidades distribuídas entre municípios amazonenses, visando melhorar a qualidade de vida da população e dar mais segurança aos seus usuários.
A continuidade das obras atende a uma determinação do governador Wilson Lima no sentido de priorizar os projetos de melhoria da infraestrutura nas cidades do interior.

Com investimento no valor de R$ 32,3 milhões, os terminais flutuantes possuem estruturas modernas, com 168 m², capacidade de carga de 20 toneladas, Iluminação em LED e energia solar, ou seja, não será necessária a utilização de nenhum tipo de fiação para sua utilização.

Entre os municípios que já receberam os portos flutuantes estão Autazes, Tapauá, Careiro, Boa Vista do Ramos, Maués, Anamã, Barreirinha, Nhamundá e Manicoré. Em alguns destes, os terminais permanecem no município, aguardando para serem levados ao local ao qual foram destinados, tendo em vista a seca dos rios, que dificulta esse percurso.

Entre os municípios que já receberam os portos flutuantes estão Autazes, Tapauá, Careiro, Boa Vista do Ramos, Maués, Anamã, Barreirinha, Nhamundá e Manicoré. Em alguns destes, os terminais permanecem no município, aguardando para serem levados ao local ao qual foram destinados, tendo em vista a seca dos rios, que dificulta esse percurso.

Além desses, já estão a caminho dos municípios os terminais flutuantes de Alvarães, São Paulo de Olivença, Anori, Jutaí, Juruá e Humaitá. Ainda restam cinco cidades receberem os espaços, entre elas Uarini, Urucurituba, Beruri, Santo Antônio do Içá e Tefé.

FOTO: Arquivo/Seinfra

Desenvolvimento

Para o secretário da Seinfra, Carlos Henrique Lima, os terminais serão importantes para o desenvolvimento das comunidades. “É um grande prazer poder executar um projeto como este, do Governo do Estado, que leva mais dignidade e qualidade de vida a toda a população. Estamos entregando aos municípios e às comunidades, portos modernos e que irão atender às demandas da população, com o transporte de cargas, passageiros, entre outros”, destacou.