Ministro da Saúde lança estratégia de vacinação neste sábado (07/05)

FOTO: Divulgação/FVS-RCP

A Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) e a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) participam, neste sábado (07/05), do lançamento da Estratégia de Vacinação na Fronteira, do Ministério da Saúde, em Tabatinga (a 1.108 quilômetros de Manaus), para ampliar a cobertura das vacinas do Sistema Único de Saúde (SUS) na região. O evento ocorre no Porto do município e conta com a presença do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

A estratégia do Ministério da Saúde é voltada para cidades fronteiriças onde há um alto fluxo diário de pessoas entre outros países para o Brasil, e vice-versa, como é o caso de Tabatinga que integra a Tríplice Fronteira (Peru, Colômbia e Brasil). A estratégia é para evitar a reintrodução de doenças imunopreveníveis no território nacional.

A ação do Governo Federal conta com o apoio da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), do Governo do Amazonas, por meio da SES-AM e da FVS-RCP, e da Secretaria Municipal de Saúde de Tabatinga.

“Essa é uma região importante para ampliar a vacinação e monitorar as doenças que acometem a população na área de fronteira. A nova estratégia de imunização apresentada hoje, pelo ministro da saúde Marcelo Queiroga, vai reforçar as políticas já adotadas no Amazonas e terá todo o suporte do Governo do Amazonas em conjunto com os municípios”, destaca o secretário de Estado de Saúde, Anoar Samad.

CIEVS de Fronteira – Durante o lançamento do plano de imunização, será oficializada a incorporação com reestruturação do Centro de Informações Estratégicas e Resposta em Vigilância em Saúde (CIEVS de Fronteira) ao Laboratório de Fronteira (Lafron), coordenado pela FVS-RCP, instituição vinculada à SES-AM, segundo informa a diretora-presidente da fundação, Tatyana Amorim.

“As novas instalações do CIEVS de Fronteira estão no Lafron e vão abrigar a equipe para coletar e analisar as informações de emergências de saúde, fortalecendo a prevenção à saúde na região”, afirma Tatyana.

Monitoramento – Em Tabatinga, foi inaugurada, em 20 de abril, a Sala de Situação em Saúde do Alto Solimões para aprimorar o monitoramento de eventos de interesse de saúde pública na Tríplice Fronteira.

O monitoramento possibilita ampliar a sensibilidade do sistema de Vigilância em Saúde para eventos de interesse em saúde pública e promover a comunicação de risco, isto é, a divulgação rápida e eficaz de informações que apoiem a tomada de medidas de controle em emergências em saúde pública na região.

Referência – A FVS-RCP é responsável pela Vigilância em Saúde do Amazonas, o que inclui a notificação de eventos de relevância em saúde pública, por meio do CIEVS, e o monitoramento e análise sistemática, disponibilização de informações e análises por meio da Sala de Análise de Situação em Saúde.

A instituição funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na avenida Torquato Tapajós, 4.010, Colônia Santo Antônio, Manaus. Os contatos telefônicos da FVS-RCP são (92) 3182-8550 e 3182-8551.