Secretários visitaram Centros de Detenção Provisória de Manaus I e II e puderam conhecer tecnologia de ponta usada na unidade prisional

FOTO: Divulgação/Seap

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) do Governo do Amazonas recebeu, na manhã desta quinta-feira (24/11), representantes da Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social de Alagoas (Seris), que visitaram unidades prisionais do Estado e conheceram as tecnologias de segurança e monitoramento utilizadas nos estabelecimentos.

O titular da Seap, coronel Paulo Cesar Gomes, e o secretário executivo adjunto da pasta, coronel André Barros Gioia, receberam o titular da Seris, coronel Marcos Sérgio de Freitas, e o secretário executivo de Gestão Interna do órgão, coronel Marcos Henrique.

Os representantes de Alagoas visitaram as instalações do Centro de Detenção Provisória de Manaus I e II (CDPM I e II), localizado no Km 8 da BR-174, onde conheceram o trabalho desenvolvido na Unidade em parceria com a empresa terceirizada New Life.

Os visitantes também tiveram acesso ao funcionamento das tecnologias de segurança e monitoramento instaladas nos centros de detenção, que são comparadas às cadeias federais do país. Os equipamentos foram implementados no final de 2020 e trouxeram resultados positivos para o Estado.

Os representantes da Seris conheceram ainda o funcionamento do sensor térmico Flir One, que identifica a presença de objetos nas paredes, pisos e estruturas das celas – em conjunto com a sonda de fibra óptica, detector de sinal de celular, detectores de metais, raio-X e bodyscan, que permitiram que as apreensões de aparelhos e outros objetos não autorizados caíssem para zero em 2021.

Os secretários do Amazonas apresentaram ainda atividades que visam desenvolver a ressocialização e dar acesso à educação e à qualificação profissional para as Pessoas Privadas de Liberdade (PPLs), por meio dos programas Conhecimento que Liberta e Trabalhando a Liberdade.

“Ficamos felizes em receber os secretários de Alagoas. É uma honra poder mostrar como os projetos desenvolvidos pela Seap trazem resultados positivos para o Estado. É uma troca de experiência bastante positiva e que poderá render bons frutos para ambos os estados”, disse o coronel Paulo Cesar.