Desde 2014, a empresa participa do Programa Menor Aprendiz em parceria com o Pró-Menor Dom Bosco

FOTO: Alberto César Araújo/Aleam e Divulgação/Prodam

A Processamento de Dados Amazonas S.A. (Prodam), órgão de tecnologia do Governo do Amazonas, foi uma das empresas homenageadas na Sessão Especial alusiva aos 41 anos do Pró-Menor Dom Bosco, ocorrida nesta sexta-feira (18/11), no Plenário Ruy Araújo da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam). A propositura foi realizada pelo deputado Sinésio Campos.

A Prodam foi reconhecida pelo trabalho desenvolvido junto à instituição, no campo de inclusão social e qualificação profissional, em favor dos adolescentes e jovens do estado do Amazonas.

Desde 2014, a Prodam é uma empresa parceira do Programa Jovem Aprendiz. Centenas de jovens já passaram pela empresa e tiveram a oportunidade de vivenciar a rotina empresarial, além de praticar os ensinamentos do curso de Auxiliar Administrativo, cuja formação teórica é realizada pelo Pró-Menor Dom Bosco.

A assistente social da Prodam, Helena Castro, foi quem representou a empresa no evento. Ela é uma das responsáveis pela execução do Programa Menor Aprendiz na Prodam.

“Contribuir para uma boa primeira experiência profissional desses jovens tem sido nosso principal objetivo, ao longo desses oito anos de adesão ao Programa. Por isso, recebemos com orgulho o reconhecimento ao trabalho de inclusão social que a Prodam desenvolve”, destacou Monteiro.